Medalha de São Bento

A Medalha de São Bento é um poderoso instrumento de proteção contra o demônio, o pecado e toda espécie de males. Ao longo dos séculos, numerosos são os testemunhos dos que alcançaram graças por meio desta Medalha: socorro em fundocasos de doenças, proteção contra calúnias, feitiços e acidentes em viagens; conversões e exorcismos de pessoas, além de conceder graças especiais na hora da morte. Estes são só alguns de seus efeitos.

 

A fragilidade material da Medalha contrasta com a força e o poder de sua ação. Esta foi a razão pela qual o Padre Hamilton, através da Associação Religiosa Nossa Senhora das Graças, presenteou os participantes de nossas campanhas. Ele estava certo de que, usada com devoção, a medalha os protegeria de todos os perigos do mundo de hoje.

 

É bom assinalar que a medalha não é um talismã. As inúmeras graças alcançadas por meio deste precioso instrumento de fé são, antes de tudo, frutos da vida santa do abade Bento. Durante a sua vida São Bento manifestou espantosos dons sobrenaturais, tais como: o poder de ler o pensamento de seus discípulos, a capacidade de curar, exorcizar e o dom da profecia.

 

Na medalha podem-se ver gravadas inúmeras figuras e letras, todas com um significado especial. Por isso junto com a medalha, além da novena, os participantes receberam um livrinho com a explicação completa do significado de todos os símbolos.

This entry was posted in Arautos do Evangelho. Bookmark the permalink.

One Response to Medalha de São Bento

  1. Ser20 says:

    Na frente da medalha é apresentada uma cruz e entre seus braços estão gravadas as letras C S P B, cujo significado é, do latim: Cruz Sancti Patris Benedicti – “Cruz do Santo Pai Bento”.
    Na haste vertical da cruz lêem-se as iniciais C S S M L: Crux Sacra Sit Mihi Lux – “A cruz sagrada seja minha luz”.
    Na haste horizontal lêem-se as iniciais N D S M D: Non Draco Sit Mihi Dux – “Não seja o dragão meu guia”.
    No alto da cruz está gravada a palavra PAX (“Paz”), que é lema da Ordem de São Bento.
    Às vezes, PAX é substituído pelo monograma de Cristo: I H S.
    À partir da direita de PAX estão as iniciais: V R S N S M V: Vade Retro Sátana Nunquam Suade Mihi Vana – “Retira-te, satanás, nunca me aconselhes coisas vãs!” e S M Q L I V B: Sunt Mala Quae Libas Ipse Venena Bibas – “É mau o que me ofereces, bebe tu mesmo os teus venenos!”.
    Nas costas da medalha está São Bento, segurando na mão esquerda o livro da Regra que escreveu para os monges e, na outra mão, a cruz.
    Ao redor do Santo lê-se a seguinte jaculatória ou prece: EIUS – IN – OBITU – NRO – PRAESENTIA – MUNIAMUR – “Sejamos confortados pela presença de São Bento na hora de nossa morte”.
    É representada também a imagem de um cálice do qual sai uma serpente e um corvo com um pedaço de pão no bico, lembrando as duas tentativas de envenenamento, das quais São Bento saiu, milagrosamente, ileso.
    Extraído do Site http://www.osb.org.br/

Deixe uma resposta